Correias estriadas Elast

Produtos

Correias estriadas Elast

Automotive Aftermarket

Home > Produtos > Correias > Correias estriadas Elast

Correias estriadas Elast

Estrutura e funcionamento

Uma correia estriada Elast é essencialmente constituída por:

A + C) Borracha sintética, parcialmente reforçada com fibras 
B)  Corda de tração de poliéster elástica

Design and function

Ao contrário das correias estriadas normais, as correias Elast possuem uma corda de tração elástica. A correia é montada sob esforço e mantém intrinsecamente a sua tensão. Não é utilizada a polia tensora no acionamento por correia.

Indicações

Intervalo de substituição:

As correias estriadas elásticas estão sujeitas a envelhecimento e desgaste. Por essa razão, têm de ser controladas e substituídas a intervalos regulares. Os intervalos de controlo e de substituição são sempre estabelecidos pelo fabricante do veículo e devem ser respeitados.

Em caso de dúvida, a Continental recomenda substituir as correias a cada 120.000 km.

Armazenagem:

  • Armazenar em local fresco e seco, sem pó (idealmente a 15-25 °C)
  • Evitar a exposição à luz solar direta
  • Evitar o contacto com qualquer tipo de líquido (óleo, água, etc.)
  • Período de armazenagem máximo: 5 anos a partir da data de fabrico

Conselhos:

  • As correias estriadas elásticas nunca podem ser substituídas por correias estriadas normais
  • Para muitos acionamentos, a Continental disponibiliza igualmente práticos conjuntos formados pela correia estriada Elast + ferramenta
  • As correias estriadas elásticas podem ser reutilizadas, caso não sejam danificadas durante a desmontagem
  • Só podem ser utilizadas em veículos que venham equipados de fábrica com correias elásticas
  • A montagem tem de ser feita exclusivamente com a ferramenta especial da Continental
  • Determinar o desgaste das correias com o Conti Belt Wear Tester (BWT)